Uma ilha chamada Paquetá

Paquetá: aquele cantinho no meio da Baía de Guanabara que, depois de horas de barca, lhe permite curtir um pouco de um passeio tranquilo. Assim resumo esse bairro. Apesar de gostar do lugar e de seus atrativos rústicos, afirmo que tem que ter bastante disposição para ficar 1 hora e 10 minutos dentro de uma barca para chegar até lá. No meu caso, que não moro na cidade do Rio, demoro mais tempo ainda para chegar.

Mirante do Parque Darke de Mattos

Para compreender o que estou dizendo, vou começar esse post explicando o que se deve fazer para chegar no local. Primeiramente, você tem que ir para a estação das barcas na Praça XV, pois é o único lugar que sai barcas para Paquetá. Se no seu caso você mora em Niterói, São Gonçalo ou ainda mais distante, assim como eu, o seu primeiro passo é pegar a barca de Niterói para o Rio, que dura cerca de 25 minutos de viagem. O processo é bem simples, é só ver no site da CCR Barcas os horários e assim segui-los. A parte mais cansativa do passeio é essa! Ficar esse tempo todo dentro de uma barca, tanto para ida quanto para volta.

Chegando no local, o passeio começa enfim a ficar um pouco mais interessante. Você terá algumas possibilidades de passeios, destaquei os que mais me interessam abaixo:

1 – Passeio de quadrículo ou pedalinho, para quem quiser relembrar a infância.
2 – Visitar a Pedra da Moreninha. Lugar que ficou famoso devido ao livro de Joaquim Manuel de Macedo, escrito em 1843. O romance “A Moreninha” é considerado o iniciador do “romantismo” na literatura brasileira.
3 – Conhecer o Parque Natural Municipal Darke de Mattos. O meu ponto preferido de Paquetá. É um ponto que da pra fazer piquenique e passear em família. Além disso, conta com um mirante de pedra bem interessante que dá uma vista linda.

Pedra da Moreninha

Além das coisas que destaquei, você também pode simplesmente dar uma volta na cidade ou parar em um dos bares e “tomar uma” com os amigos. Como disse, é um lugar bem calmo, então você pode ir só para desfrutar isso. É um ponto turístico que tem que ser visitado pelo menos uma vez na vida. Vá em família!

Anúncios

2 comentários em “Uma ilha chamada Paquetá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s