O Rio aos “olhos” do Mirante Dona Marta

Poucos lugares mostram o Rio de uma forma tão clara. A 362 metros de altitude, o mirante apresenta o Pão de Açúcar, o Maracanã, a Baía de Guanabara, o Cristo Redentor, de uma forma limpa, como se fosse uma pintura recém criada.
Localizado no Parque Nacional da Tijuca, Santa Teresa,  o mirante pode ser encontrado através do percurso feito por carro/moto ou através da trilha. Não tem como subir de ônibus até lá em cima. Existem três caminhos possíveis:

De carro (saindo de Cosme Velho): Você vai seguir como se fosse para o Corcovado. Suba pela Estrada das Paineiras. Ela começa a Rua Alm. Alexandrino, na altura do nº 5088. Quando chegar à rotatória, siga pela esquerda em direção ao Mirante.

De carro (vindo pelo Parque Nacional da Floresta da Tijuca): Pegue a Estrada do Redentor e siga até o final. Quando você passar pelo Hotel das Paineiras, haverá uma bifurcação, siga pela direita, pegando a Estrada das Paineiras.

A pé ( pela trilha até o Mirante Dona Marta): Vá até o alto da Favela Santa Marta, usando o elevador inclinado, onde começa a trilha. São 30 minutos de caminhada, dependendo do seu ritmo. É um caminhada bem fácil.

Não é um lugar difícil de chegar, por isso encontra-se por lá pessoas de todas as idades. Ou seja, além de ser um lugar lindo é diversificado.
Um pouquinho de história…
O nome do lugar surgiu no final do século XVII, quando o padre Clemente comprou terras ali e deu ao morro o nome de sua mãe, Marta, para homenageá-la pouco depois da sua morte. Séculos depois, uma imagem de Santa Marta foi levada para o alto do morro e construíram uma capela para ela. A Favela Santa Marta começou com os funcionários do Colégio Santo Inácio, que receberam parte do terreno para a construção das casas.

Anúncios

A vibe positiva de São Thomé das Letras

São Thomé é o município místico de Minas Gerais. O lugar que faz muito calor de dia e muito frio durante a noite. Uma mistura de uma bela natureza com uma vibe boa solta pelo ar. Passei um período curto no local, mas conheci o máximo de coisas que poderia, então explicarei um pouquinho sobre os cantos que fui.

O Cruzeiro
img-20161120-wa0021
O Cruzeiro fica bem próximo da Casa da Pirâmide. Tem aproximadamente 4m de altura, todo construído em madeira, e está no ponto mais alto da cidade. Vale ressaltar que sempre tem uma galera, próximo ao local, emanando boas energias.

Casa da Pirâmide
airbrush_20161119071017
O local perfeito para ver o nascer e o pôr do sol. A Casa da Pirâmide está localizada no Parque Municipal Antônio Rosa e trata-se de uma construção de forma piramidal, com várias janelas que dão uma visão de 360º para todo vale. O local vive lotado, então chegue o mais cedo que conseguir para ficar posicionado em um bom ponto.

Mirante

O Mirante foi construído num dos locais mais altos da região, de onde se pode observar toda a magnífica paisagem de São Thomé das Letras. Obs: Cuidado com as cobras que ficam próximas ao local.

Pedra da bruxa
15078815_1157311574349974_7299841239964167777_n
Trata-se de uma formação rochosa que lembra a face e a silhueta de uma bruxa. Precisa-se ter cuidado ao ficar sobre a mesma, porque o vento sopra com força e a “bruxa oculta” pode te derrubar.

Ladeira do Amendoim
O local é conhecido por explicar todo a força mística presente na cidade. É o ponto onde carros, desligados e em ponto morto, são ‘atraídos’ e sobem um morro numa posição totalmente adversa. O fenômeno fez com que a ladeira ganhasse fama e intrigasse os turistas.

Cachoeira do Sobradinho

A cachoeira é bastante frequentada por estar próximo a Gruta do Sobradinho que é um dos atrativos mais belos da cidade. O local também é famoso por ter um poço cristalino.

Cachoeira do Véu da noiva
Com mais de 20m de queda, a cachoeira forma um poço com 3m de profundidade. É a cachoeira mais alta e com maior volume de água da cidade. Um local lindo devido ao percurso de água que corre por entre as pedras.

Cachoeira Paraíso

Esta cachoeira tem uma portaria na entrada, que nos dias mais movimentados, funciona como ponto de apoio ao turista que visita a cachoeira. Está localizada na sequência da cachoeira Véu da Noiva. O local faz lembrar uma prainha.

Cachoeira das Borboletas
img-20161120-wa0037
Esta cachoeira tem duas lindas quedas d’água, que formam uma piscina natural. Localiza-se num vale cercado por uma mata verde e irradiante, cheia de coloridas flores e borboletas. Em determinadas épocas do ano é possível avistar dezenas de tipos de borboletas.

Além de tudo que citei, a cidade também conta com diversos bares, restaurantes e lojinhas, para quem gosta de comprar lembrancinhas.

Um local que deixa saudades.