Trilhando na Pedra Bonita

E, por fim, chegou a vez de trilhar na Pedra Bonita, talvez a pedra mais popular do Rio. É uma caminhada relativamente fácil, um pouco íngreme, o que traz um pouco de dificuldades, mas o percurso é possível de ser feito por pessoas de todas as idades, o que explica o porque de toda essa popularidade. O tempo médio de subida até o topo é de aproximadamente 40 minutos.
A caminhada tem início na Estrada das Canoas, em São Conrado. Depois de uma bela subida você irá encontrar dois caminhos possíveis: um vai para a rampa de Vôo Livre, o outro, com uma escadinha mais rústica, vai em direção a trilha.

Com uma altitude máxima de 696 metros, coberta, em algumas partes, de floresta de Mata Atlântica, este ponto turístico está localizado no Parque Nacional da Tijuca, mais precisamente entre a Pedra da Gávea e os bairros de São Conrado e Barra da Tijuca. Quando você chegar ao topo irá poder ver a Zona Oeste, grande parte da Zona Sul, a Floresta da Tijuca e a Pedra da Gávea. É um do melhores visuais do Rio.
Como chegar ?
Indo pela Tijuca: Na Praça Saens Peña na mesma calçada da C&A pegue o ônibus 301 direção ao Alto da Boa Vista, desça no Corpo de Bombeiros entre a Rua Boa Vista e Estrada das Furnas. Pegue o ônibus 448 e desça em frente a rampa de acesso a Pedra Bonita.

Indo de São Conrado: pegue o ônibus 448, em direção ao Alto da Boa Vista, próximo a entrada da Estrada das Canoas e desça em frente a rampa de acesso a Pedra Bonita.

Indo de Niterói: Pegue as barcas ou o ônibus 100/101 e vá em direção ao metrô. Desça na estação de São Conrado. Chegando lá, vá até o ponto de ônibus que fica na parte de trás do metrô, próximo a subida da Rocinha, e pegue o ônibus 448, em direção ao Alto da Boa Vista, e desça em frente a rampa de acesso da Pedra.

O Rio aos “olhos” do Mirante Dona Marta

Poucos lugares mostram o Rio de uma forma tão clara. A 362 metros de altitude, o mirante apresenta o Pão de Açúcar, o Maracanã, a Baía de Guanabara, o Cristo Redentor, de uma forma limpa, como se fosse uma pintura recém criada.
Localizado no Parque Nacional da Tijuca, Santa Teresa,  o mirante pode ser encontrado através do percurso feito por carro/moto ou através da trilha. Não tem como subir de ônibus até lá em cima. Existem três caminhos possíveis:

De carro (saindo de Cosme Velho): Você vai seguir como se fosse para o Corcovado. Suba pela Estrada das Paineiras. Ela começa a Rua Alm. Alexandrino, na altura do nº 5088. Quando chegar à rotatória, siga pela esquerda em direção ao Mirante.

De carro (vindo pelo Parque Nacional da Floresta da Tijuca): Pegue a Estrada do Redentor e siga até o final. Quando você passar pelo Hotel das Paineiras, haverá uma bifurcação, siga pela direita, pegando a Estrada das Paineiras.

A pé ( pela trilha até o Mirante Dona Marta): Vá até o alto da Favela Santa Marta, usando o elevador inclinado, onde começa a trilha. São 30 minutos de caminhada, dependendo do seu ritmo. É um caminhada bem fácil.

Não é um lugar difícil de chegar, por isso encontra-se por lá pessoas de todas as idades. Ou seja, além de ser um lugar lindo é diversificado.
Um pouquinho de história…
O nome do lugar surgiu no final do século XVII, quando o padre Clemente comprou terras ali e deu ao morro o nome de sua mãe, Marta, para homenageá-la pouco depois da sua morte. Séculos depois, uma imagem de Santa Marta foi levada para o alto do morro e construíram uma capela para ela. A Favela Santa Marta começou com os funcionários do Colégio Santo Inácio, que receberam parte do terreno para a construção das casas.

Rafting em Três Rios

O que é rafting?
De acordo com o google, é a prática de descida em corredeiras em equipe utilizando botes infláveis e equipamentos de segurança. Antes de começar qualquer descida de rafting comercial, um instrutor da atividade passa à todos os participantes detalhadas instruções de conduta relativas à segurança.   O que o google não fala, é que isso é uma das coisas que você não pode deixar de fazer em sua vida. Sensação  indescritível.

A minha experiência aconteceu em Três Rios, no Rio Paraibuna. O Paraibuna nasce na Serra da Mantiqueira/MG, a 1.180 metros de altitude, e após 172 km de percurso, deságua no rio Paraíba do Sul próximo a Três Rios/RJ. Um rio de grande volume de água, que nos seus últimos 20 km, possui um percurso formado por grandes quedas e corredeiras longas e técnicas de classe III/IV de dificuldade.

O percurso que percorri teve cerca de 17 corredeiras com remansos, e duração de 3 horas.
untitled-1-01O passeio lhe da a oportunidade de ouvir o  barulho e sentir a velocidade e a força da água, de ter um contato mais próxima com a natureza. Tudo aquilo que impressiona merece respeito, mas também vale a pena ser desafiado.

Dicas de passeios baratos pelo Rio de Janeiro

Nem sempre estamos em uma situação financeira muito boa né? Mas mesmo assim não é motivo pra desanimar e ficar preso dentro de casa. Vou deixar aqui algumas dicas de passeios muito legais e que tem um preço muito camarada.
untitled-1-01
Visitar o Mirante da Paz (no Cantagalo)
Nos últimos anos, esse conjunto de favelas tem recebido diversos projetos sociais e vêm atraindo vários turistas.  Em 2010 foi inaugurado o Complexo Rubem Braga (duas torres que integram o Cantagalo ao metro da General Osório em Ipanema) e o Mirante da Paz, que recebeu esse nome a pedido dos moradores da comunidade.
Gratuito
Visitação: Diariamente, das 5h às 23h

Passear na Feira do Rio Antigo
A feira do Rio Antigo reúne empresários e profissionais da cultura, gastronomia, comércio, serviço, turismo e lazer, das regiões da Cinelândia, Lapa, Rua do Lavradio, Praça Tiradentes, Largo de São Francisco e Rua da Carioca.
Gratuito
Visitação: Todo primeiro sábado do mês, das 10h às 18h

Ir no Forte de Copacabana
O roteiro do forte inicia no Pórtico e segue pela Alameda Octávio Correia, Sala de Vídeo do Museu, Sala de Exposição Temporária, Museu Histórico do Exército, Confeitaria Colombo, Loja de Souvenir Vitacura, Café 18 do Forte, Fortificação e Cúpula dos Canhões.
Preço: R$6,00 (Inteira) | R$3,00 (Meia)
Visitação: Terça a domingo, 10h às 18h

Caminhar no Parque Lage
O Parque Lage é um parque público que fica localizado aos pés do morro do Corcovado, na Rua Jardim Botânico. O palacete abriga, desde 1975, a Escola de Artes Visuais. Desde 2004, o Parque Lage é parte do Parque Nacional da Tijuca, sob a administração do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.
Gratuito
Visitação: Diariamente, das 8h às 17h (durante o horário de verão, até às 18h)

Visitar a Ilha Fiscal
A Ilha Fiscal fica localizada no interior da baía de Guanabara. A ilha ficou conhecida por ter abrigado o famoso baile da Ilha Fiscal, a última grande festa do Império antes do golpe de 15 de Novembro de 1889. Atualmente abriga um museu histórico-cultural, mantido pela Marinha do Brasil.
Preço: R$20,00 (Inteira) | R$10,00 (Meia)
Visitação: Quinta a domingo, às 12h30 / 14h00 / 15h30